Protesto em Hospital de Içara pede mais segurança e valorização dos trabalhadores : ACRACOM

BLOG ACRACOM


27/08/2020 | Santa Catarina

Protesto em Hospital de Içara pede mais segurança e valorização dos trabalhadores

Com um profissional internado na UTI devido à contaminação pelo Covid 19 e sem negociar reajustes e valorização dos profissionais, o Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Saúde de Criciúma e Região (Sindisaúde) promoveu um protesto nessa segunda-feira (24) no Pronto Socorro do São Donato, de Içara. Conforme a presidente do Sindisaúde Gabriela Pnkosk, a direção se recusa a conversar e negociar uma valorização de abono, "além de não reconhecer o Coronavírus como acidente de trabalho, ao contrário, estão descontando o afastamento dos profissionais contaminados. Também não estão pagando 40% de insalubridade para todos", explica a presidente.

Os trabalhadores do São Donato, bem como nas demais instituições, estão no atendimento de uma grave pandemia, pontua o diretor tesoureiro, Cleber Ricardo da Silva Cândido, " eles são aplaudidos pela população e estão arriscando suas vidas para cuidar e ajudar a salvar vidas, infelizmente, sem o reconhecimento da direção do Hospital. Na maioria dos hospitais eles receberam um abono de valorização, menos do Hospital", critica Cleber. Os trabalhadores sabem que a instituição está recebendo verbas das esferas Federais, Estaduais e Municipais, no entanto, destaca Cleber, " no entanto eles não respeitam aqueles que muito merecem este reconhecimento" , reflete o diretor. Conforme Cleber, este é o primeiro protesto e outras medidas serão tomadas se não tivermos uma posição da administração do Hospital.

 

por: Maristela Benedet