Live marca lançamento da campanha Fora Bolsonaro em Santa Catarina : ACRACOM

BLOG ACRACOM


17/07/2020 | Santa Catarina

Live marca lançamento da campanha Fora Bolsonaro em Santa Catarina

Com a participação de cerca de 20 representantes de centrais sindicais, partidos políticos de esquerda e movimentos sociais, uma live marcou o lançamento da campanha Fora Bolsonaro em Santa Catarina na noite dessa terça-feira, 14 de julho. A data foi escolhida para coincidir com o mesmo dia de entrega do pedido de impeachment de Jair Bolsonaro (ex-PSL) a parlamentares da bancada de oposição, em Brasília, assinado pela CUT, Movimento dos Trabalhadores e Trabalhadoras sem Terra (MST) e União Nacional dos Estudantes (UNE) e mais de mil organizações da sociedade civil. O ato político virtual mostrou a unidade das entidades no estado na campanha pelo fim do governo Bolsonaro e já teve mais de 11 mil visualizações.

A presidente da CUT-SC, Anna Julia Rodrigues, afirmou que o impeachment do atual presidente é a única saída para salvar nossa democracia “Para nós, da CUT, só é possível termos democracia e mantermos nossos direitos com a saída de Bolsonaro. Ele é o responsável pela grave crise econômica e sanitária que vivemos no Brasil. Temos mais de 70 mil mortes e até agora nenhuma política de governo foi feita para conter a pandemia no país”.  Além da CUT-SC, participaram também representantes da CTB, CSP Conlutas, CSB e Intersindical. A UGT também está apoiando a campanha no Estado, mas por problemas pessoais o representante da central não conseguiu participar da live.

Diversos representantes de movimentos sociais falaram na live sobre a importância de derrotar o governo Bolsonaro. Mariah Wuerges, do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), ressaltou que defender Fora Bolsonaro é lutar pela vida do povo brasileiro “As ações de Bolsonaro representam os interesses do capitalismo, deixando evidente que esse sistema não tem as soluções para os problemas do povo brasileiro e que está entregando nossa soberania para o capital internacional”.

O Movimento de Mulheres Camponesas (MMC) também ajuda a construir a campanha Fora Bolsonaro em SC. Justina Cina falou em nome da entidade e disse que Bolsonaro desde o início só toma medidas de morte “Não podemos admitir a continuidade desse governo genocida que desde o seu início faz propostas de morte, como a liberação de armas, o corte de direitos, a extinção de ministérios e entrega nosso país para o capital nacional e internacional sem nenhuma preocupação com o povo brasileiro. Nós precisamos nesse momento garantir o isolamento social, mas ao mesmo tempo continuar a nossa luta, nos reinventando a todo momento e articulando com todas as organizações, para fortalecer a nossa proposta de sociedade que promova dignidade para todos e todas”.

Além do MAB e do MMC, participaram da live o presidente da União Catarinense dos e das Estudantes (UCE), Lucene Magnus; e Eunice Antunes Kerexu Yxapyry, Coordenadora da comissão Guarani Yvyrupa e coordenadora Executiva da APIB. O Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) e o Movimento Negro Unificado (MNU) também apoiam a campanha no estado, mas os representantes não conseguiram participar do ato virtual.

Os partidos políticos de esquerda também estão junto na construção do Fora Bolsonaro em Santa Catarina. Participaram da live o presidente estadual do PT e ex-deputado federal, Décio Lima; o presidente estadual do PCdoB, Douglas Mattos; Ricardo Lautert, representante do PSTU em SC; o ex-deputado estadual, ex-ministro do Trabalho e Emprego e atual presidente do PDT,  Manoel Dias; e o membro da direção estadual do PSOL, Dailson Umbelino. 

Para marcar o apoio que a campanha Fora Bolsonaro também tem no Congresso Nacional e na Assembleia Legislativa, o ato político virtual contou com a participação do deputado estadual Fabiano da Luz (PT) e do deputado federal Pedro Uczai (PT). O deputado Fabiano da Luz destacou a importância de construir a campanha no estado “Bolsonaro foi um dos únicos presidentes que brincou com pandemia e que não acredita na doença. Hoje, infelizmente, o Brasil está sendo vergonha mundial por causa do seu presidente. Por isso, é muito necessária a construção dessa campanha”. Fabiano lembrou ainda da falta de medidas para conter a pandemia do governador de Santa Catarina “Por mais que nós admitimos que no início as medidas do governador Moisés foram muito bem feitas e conseguiu segurar o avanço da pandemia, porém não conseguiu se preparar e se estruturar para ela. Agora vivemos uma crescente nos casos e ao mesmo temo não uma estruturação das unidades e equipes de saúde pra atender essas pessoas”.

O deputado Pedro Uczai fez a fala final da live e lembrou que pedir Fora Bolsonaro vai muito além de defender o fim de um governo “Temos que espalhar materiais e construir frentes em cada município que mostrem para a população o que significa defender o Fora Bolsonaro – é fortalecer o SUS e a educação pública, é defender o meio ambiente, defender uma agenda econômica de indução do desenvolvimento econômico com distribuição de renda e direito dos trabalhadores, defender a previdência pública, a diversidade cultural e a ciência neste país".

Para quem perdeu a live e quer assistir é só acessar este link: https://www.facebook.com/sccut/videos/1153978428303442

 

FONTE:CUT/SC