Ato cobra o voto contrário dos parlamentares a reforma da Previdência de Moisés : ACRACOM

BLOG ACRACOM


06/07/2021 | Santa Catarina

Ato cobra o voto contrário dos parlamentares a reforma da Previdência de Moisés

A manhã desta terça (6/7) ficou marcada pelo começo da tramitação da Reforma da Previdência na Assembleia Legislativa e o início das mobilizações dos trabalhadores/as no serviço público contra mais este ataque do governo Moisés.

Organizados pelas entidades sindicais que representam diversas categorias de servidores, o ato foi chamado pela Fórum dos Servidores Públicos de Santa Catarina e reuniu dezenas de pessoas em um ato simbólico de cobrança dos deputados pela rejeição dos projetos de alteração da previdência.

A direção estadual do Sinte, junto com caravanas das regionais de Araranguá, Criciúma, Lages e São Joaquim, estiveram presentes e cobraram dos parlamentares que não ataquem os direitos dos trabalhadores. Entre as mudanças previstas na Reforma da Previdência de Moisés, esta a cobrança de alíquota dos aposentados da categoria que recebem acima d e1 salário mínimo e mudança na idade de aposentadoria que aumenta a idade para homens e mulheres.

A Proposta de Emenda à Constituição – PEC 5/2021 que prevê alterações no regime próprio da previdência social dos servidores, foi aprovada na CCJ e um calendário de tramitação será apresentado pela Alesc.

O Sinte segue mobilizado e acompanhando a tramitação da Reforma na casa legislativa. Vamos cobrar o voto contrário de todos os deputados, a fim de garantir os direitos da categoria.

 

Fonte: CUT/SC