1° de dezembro: Mobilização busca minimizar danos à aposentadoria : ACRACOM

BLOG ACRACOM


28/11/2021 | Santa Catarina

1° de dezembro: Mobilização busca minimizar danos à aposentadoria

Mais de 70 pessoas participaram da reunião virtual nesta quinta (25/11) para organizar a mobilização em torno de ações judiciais e atos políticos contra os efeitos da última reforma da previdência aprovada na Assembleia Legislativa. Os aposentados e pensionistas presentes concordaram em jogar peso no ato do “Cancela o Confisco” da próxima quarta (01/12), às 14 horas, em frente à Alesc.

Outro acerto da reunião definiu que o SINJUSC arcaria com passagem, alimentação e hospedagem daqueles que estão fora da grande Florianópolis e desejam participar do ato.

As falas na reunião demonstraram que a indignação com o corte salarial que tem impactos concretos na vida de aposentados e pensionistas se soma ao sentimento de falta de reconhecimento das décadas de trabalho e dedicação à justiça estadual e à população catarinense.

O advogado Fabrizio Rizzon não se limitou a explicar os argumentos da ação movida pelo SINJUSC contra o corte abusivo dos salários de aposentados e pensionistas, mas chegou a falar de uma ação que será ajuizada no início do ano que vem e deve abranger aqueles servidores em vias de se aposentar. Clique AQUI e e veja a intervenção do advogado na reunião.

Por uma data-base que priorize aposentados e pensionistas

De acordo com a secretária-geral do SINJUSC, Carol Costa, os itens da pauta de negociação da data-base que abrangem aposentados e pensionistas, como o auxílio médico-social, estão sendo priorizados pelos representantes do sindicato nas reuniões com a administração do TJSC.

Nesse sentido, o presidente do SINJUSC, Neto Puerta, pediu que aposentados e pensionistas também priorizassem a participação na assembleia virtual na próxima terça (30/11), às 17h, pelo Google Meet. Para Neto, “uma assembleia grande é fundamental para avançar na parte da pauta que o Tribunal ainda não reconheceu”. 

 

Mais informações no www.sinjusc.org.br
fonte: via site do Sindicato