Impasse na negociação coletiva de trabalho dos comerciários de Jaraguá do Sul e Região : ACRACOM

BLOG ACRACOM


25/09/2015 | Região Planalto Norte

Impasse na negociação coletiva de trabalho dos comerciários de Jaraguá do Sul e Região

O Sindicato dos Empregados do Comércio de Jaraguá do Sul e Região encaminhou para dissídio, no Ministério do Trabalho, a negociação coletiva de trabalho do setor Varejista. Isso porque não houve acordo entre o Sindicato e o patronal, que condicionou a concessão do reajuste à abertura do comércio em todos os sábados, até as 17horas. A proposta dos patrões causou indignação entre os comerciários e comerciárias. “Não estamos aqui para vender a dignidade dos trabalhadores. Jamais vamos concordar com isso, ou seja, trabalhar mais e ganhar menos”, assegura a presidente do Sindicato, Ana Maria Roeder. Atualmente, o comércio varejista de Jaraguá do Sul e Região pode abrir 10 sábados por ano e três domingos em dezembro. A presidente do Sindicato adverte que os patrões querem mudar as regras “no meio do jogo” e alterar o que já estava sendo discutido. A proposta final da comissão de negociação dos trabalhadores era de assegurar o percentual mínimo de aumento real sobre a inflação do período, que ficou em 9,81%, em uma única parcela. “Agora eles querem vincular o reajuste com mais trabalho para os comerciários. Tenho compromisso com a categoria e isso nós jamais vamos aceitar”, reforça Ana Roeder. Nesta semana os dirigentes sindicais entregarão o informativo para a categoria, nos locais de trabalho, comunicando sobre o impasse nas negociações. Mas, adianta Ana, “ainda existe espaço para negociar, desde que a classe patronal reformule a contraproposta”. A data-base da categoria é 1° de agosto e já foram assinadas as Convenções Coletivas de Trabalho com o patronal de Concessionárias, Atacadista, Óticas, Farmácias e com a rede Cooper de Supermercados. Os trabalhadores em Concessionárias receberam reajuste de 10,1%, elevando o salário de R$ 1.090,00 para R$ 1.200,00. Para quem recebe acima do piso o reajuste foi de 9,85%. Os trabalhadores do setor Atacadista, de Óticas e Farmácias têm salário admissional fixado em R$ 1.034,00, até 90 dias de trabalho, e Normativo de R$ 1.166,00. Para quem recebe acima do Normativo o reajuste é de 9,85%. Para os funcionários do Cooper o reajuste foi de 9,9% e o piso passou de R$ 1.060,00 para R$ 1.165,00.

Fonte: Informa Editora